:: Pesquisar ::




:: Inquéritos ::
O que acha do novo website da ARE?

 


Entrada seta news seta ARME FIXA NOVOS PREÇOS MÁXIMOS DOS COMBUSTÍVEIS- Abril/2019
ARME FIXA NOVOS PREÇOS MÁXIMOS DOS COMBUSTÍVEIS- Abril/2019
04-Abr-2019
A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) fixa, nos termos da lei, os novos preços máximos dos combustíveis, que entrou em vigor desde as 00h00 do dia 1 e vai até 30 de Abril.

Assim, conforme a nova tabela, em anexo, a gasolina passa a ser vendida a 124,30 ECV/L; o gasóleo normal, a 103,00 ECV/L; o gasóleo para eletricidade, a 87,80 ECV/L; o gasóleo marinha, a 74,30 ECV/L; petróleo, a 89,70 ECV/L; o fuelóleo 380, a 66,10 ECV/L e no fuelóleo 180, a 71,40 ECV/L. Já o butano passa a ser vendido a granel por 133,60 ECV/Kg, sendo que as garrafas de 3 Kg passarão a custar 381,00 ECV; as de 6Kg, 801,00 ECV; as de 12kg, 1669,00,00 ECV e as de 55Kg, passarão a valer, 7346,00 ECV.

Na origem desta atualização está o facto de os preços médios dos combustíveis nos mercados internacionais cotados em dólares por tonelada, de acordo com os dados publicados no Platts European Marketscan e LPGasWire, manterem a tendência de subida durante o mês de março em 3,74%, relativamente ao mês de fevereiro. A gasolina, por exemplo, apresentou a subida mais acentuada, de 12,34%. As cotações do butano, do fuelóleo e do Jet A1 registaram aumentos, de 3,73%, 2,75%, e 2,07% respetivamente, enquanto o gasóleo sofreu um aumento ligeiro de 0,63%.

Por outro lado, a cotação do último dia útil do mês de março do câmbio do euro face ao dólar evidenciou uma depreciação em 1,56% comparado com o câmbio do último dia do mês de fevereiro. Esta evolução contribui para o agravamento dos preços dos combustíveis no mercado interno, tendo em conta que a matéria-prima é negociada em dólares.

Deste modo, no mercado interno, os preços do gasóleo normal, gasóleo para eletricidade e gasóleo destinado à marinha mercante aumentaram 1,38%,1,62% e 1,64%, respetivamente. Já o fuelóleo 180 e fuelóleo 380 registaram um aumento de 2,73% e 3,12%, a gasolina de 7,43%, o petróleo de 2,63% e o butano de 2,53%, respetivamente.

ANEXO:



GCI-ARME
 
Artigo seguinte >
© ARE - Desenvolvido por Prime Consulting